Dois amigos em apuros

Dois viajantes estavam viajando juntos quando,
na estrada, encontraram um urso.

Um dos homens, apavorado, sem pensar no companheiro,
subiu depressa a uma árvore, escondendo-se ali. O outro, vendo que não tinha saída possível,
sozinho contra o urso, percebeu que só lhe restava
atirar-se ao chão e fingir que estava morto,
pois ouvira dizer que o urso jamais toca
em um cadáver.

E ali ficou, enquanto o urso se aproximava
e cheirava-lhe a cabeça, resfolegando.

Ouviu bem seu nariz, seus ouvidos, seu coração, e
como o homem se conservasse imóvel e
retivesse a respiração, supôs que ele estivesse
morto e afastou-se dali.

Quando o urso já estava bem longe, o
companheiro desceu da árvore e perguntou
o que o animal cochichara para o amigo.

-Pergunto-,disse- porque observei que ele
chegou com a boca perto do teu ouvido.

-Ora – responde o outro -,não me disse
segredo algum. Apenas recomendou-me
que fosse cauteloso quando estivesse em
companhia daqueles que, diante de uma
dificuldade, abandonam os amigos em
apuros.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Histórias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s